segunda-feira, novembro 01, 2010

Sonito descansado....

Ora então boa tarde e bem vindos ao penúltimo mês do brilhante ano que decorre. Peço desde já desculpa por estar a publicar este texto tão tarde, para o que me é habitual pelo menos, mas há duas razões que para isso contribuem. A saber, hoje é feriado e além disso Habemmus Orçamentius!!!! Quem de entre nós não dorme muito mais descansado desde que sabemos que o nosso Zé e o nosso Passo voltaram a acertar passo e de novo dançam a mesma música???? É que vamos lá ver, eles são nossos, e ninguém gosta que os nossos andem de candeias às avessas. Seguramente que sorrisos voltaram aos nossos lábios, voltou-se a por mais um prato à mesa das refeições, divide-se o mesmo franguito por mais um e siga para bingo. Mas não pensem que tudo são rosas, ou laranjas neste caso. Ficamos a saber que temos um problemazito de 500 milhões de euros para resolver. É curioso que aquando do 1º arrufo entre as beldades, transpirou para o resto do mundo que o probelmazito seria de 240 milhões. Uma semana de reuniões depois, certamente para pagar os jantares e almoços que foram necessários para o entendimento, já para não falar das unhas , cabeleireiros, uma roupita em Rodeo Drive e uns brinquitos certamente da Cartier. E não esquecer que pelo meio disto é preciso não esquecer que tivemos a visita daquela boneca venuzuelana. E uma amante venuzuelana, como todos sabemos, não fica nada barata. Sendo assim não serão de surpreender os 260 milhões que se juntaram aos 240 milhões que já por aí andavam para perfazer os 500 milhoes actuais. Verdade seja dita é muito mais fácil dizer 500 milhões que 240, ou 310 ou mesmo 493 milhões 470 mil 954 Euro e 37 cêntimos. Facilitemos então as coisas ao país de uma maneira geral e aos economistas em particular. Mas calma , esses milhões vão ser encontrados do lado da despesa. Eu diria que se alguma coisa é fácil de encontrar do lado da despesa são milhões. É milhões de despesas por tudo que é página. Pensemos então de onde retiraremos esse trocos que estão a mais?? Podiamos tentar reduzir o nº de deputados na assembleia, o nº de acessores no governo, o nº de carros da frota do estado, o nº de carruagens no tgv, o nº de faixas na nova travessia sobre o rio da capital, as ajudas de custo para as refeições na cantina da assembleia, reduzir o tecto das despesas nas campanhas eleitorais, cortar até no nº de submarinos da nossa marinha. Mas não me parece... Parece-me que assim de repente há dois sítios onde se pode mexer sem causar demasiados problemas aos portugueses. A saber, a educação e a saúde. Uma e outra já são tão más que não vejo que menos 500 milhões aí possam fazer diferença. Estou em crer até que se fizermos a vontade a Passos Coelho na revisão Constitucional teremos rapidamente esses dois sub sectores do estado a contribuírem com verbas para o país em vez de serem as costumeiras sanguessugas. Também me lembrei da Cultura. Podemos sempre subir mais o IVA de livros e afins. Afinal nunca nenhum político teve interesse em governar um povo culto e que saiba pensar. E pode aparecer outro filme a preto e preto, e alguém tem de subsidiar essas obras primas....

Duas notas finais. A 1ª para o medo que se instalou no seio do FMI. Depois das ameaças de invadirem Portugal, nós respondemos em estilo e colocamos um tuga no meio deles. É para verem que com a malta ninguém brinca. Este foi para aí só porque vocês ameaçaram. Agora imaginem o que vos fazemos se alguma vez puserem o pezinho cá dentro. Nós não dormimos pá, e nada nos escapa. O respeitinho é muito bonito e nós gostamos... A 2ª para João Proença. O secretário geral da UGT é coerente. Depois de orgulhosamente declarar guerra ao orçamento, de defender uma greve geral para combater algo que é decididamente mau para todos nós, vem a publico defender a aprovação desse mesmo orçamento. Assim à 1ª vista pode parecer uma incongruência, mas não é. Se por acaso não houvesse orçamente, a greve geral perdia sentido. Como se poderia protestar contar um orçamento não existente? è outra das razões pelas quais durmo muito mais descansado esta semana. Sei que há tipos com estas convicções, com esta coerência a defender os trabalhadores nacionais, aqueles que como eu têm mesmo de trabalhar para pagar o Iva que aí vem.....

1 comentários:

Kaixas disse...

Este feriado até veio mesmo a calhar, para todos podermos comemorar este Orçamento de Estado fantástico para todos nós...

SiteMeter

 
Copyright © 2010 Grupo de Jograis Universitários do Minho - Jogralhos. All rights reserved.
Blogger Template by
Licença Creative Commons
Jogralhos by Jogralhos is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
Based on a work at jogralhos.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://jogralhos.blogspot.com/.