segunda-feira, dezembro 06, 2010

Rais partam os belgas pá......

Bonjour, que é como quem diz "Ai o caralho dos belgas..."

Não bastavam os nossos para nos moer a paciência??? Tinham de vir estes cromos ??? A Bélgica não é má de todo pá. Têm muita B.D., coisa que aprecio, teve o Hergé que nos deu o Tintim, têm três línguas oficiais e é uma monarquia, o que por acaso até faz o meu género. Mas daí até produzirem cromos e elevarem-nos à posição de ministros.... Sempre achei que isso era exclusivo português!!!!

Vamos lá ver, se o moço não tem que fazer na terra dele, que compre um monte no Alentejo e se dedique à criação do jumento alentejano. Com o jeitinho que ele tem podia até clonar-se e desde que pedisse a nacionalidade portuguesa rapidamente repunha a população jumental alentejana a níveis nunca vistos antes. Mas que raio é que o homem quer de nós??

A ideia dele, certamente apadrinhada pelos mesmos senhores que dizem que pagam 500 euro por mês a um funcionário porque há gente que aceita, é a liberalização do mercado de trabalho ( traduzido do flamenco para português quer dizer despedir à papo seco) acompanhada de uma entrada do FMI para termos a certeza que todos pagamos mais impostos. Deixem-me dar uma novidade ao senhor, se a malta não tiver emprego não tem como pagar impostos!!!! A sério!!! Não há empregozinho não há dinheirinho, logo não se paga o impostozinho para manter os jumentos bem alimentados e saudáveis, com capacidade de abrir a boquinha e largar zurros por esse mundo fora. Em português corrente, daquele que todos entendemos, a vontade que me dá é dizer ao senhor : " Vai para o car.....!!!! E não voltes filho da .....!!! Cabr... do belga!!!"

Mas o que o senhor disse é infelizmente o que quem manda neste país de pacóvios quer. Sejam os políticos sejam os grandes senhores da indústria, serviços ou grupos económicos. Já somos os que têm piores ordenados, somos aqueles que mais trabalho precário têm, o melhor é acabar de vez com quem faz com que o país sobreviva : a malta que trabalha. Vamos lá dar a possibilidade aos coitadinhos dos senhores, que dos seus gabinetes quentinhos querem trocar funcionários com ordenados de 800 euro por uns mais baratitos, uns de 400 ou menos. Sempre dá para distribuir mais dividendos pelos accionistas depois. E quando os de 400 quiserem mais, não há azar, troca-se de novo.

São uns brincalhões todos pá!!! E O POVO PÀ?!?!?!?! O povo deixa andar que não está para se chatear, além do que é época natalícia e a malta tem de ir para as filas dos centros comerciais gastar o guito que já não tem.....

Ou então mudamos todos para os Açores!!!! Não sei se o arquipélago aguenta tanta malta, mas por lá vive-se melhor... Fazem-se milagres até, coisa que nos tempos que correm é raro e muito apreciado. O moço de Lá até consegue dar subsídios aos funcionários públicos de Lá para compensar o corte nos salários, mas o que mais me espanta é que ele diz que não nos custa um cêntimo!!!! Mas anda tudo parvo???? O dinheiro nasce nos Açores? Há uma plantação de ananases e uma de notas de 500 Euro por cada 100 habitantes??? Se não há, QUEM paga para o governo regional dos açores distribuir subsídios assim??? Não sou eu, e tu, e os nossos vizinhos ( estou a assumir que nenhum dos referidos tem vizinhos políticos, madeirenses ou açoreanos claro)????? É por isso que depois não chega o dinheiro que mandamos para lá!! E dizem eles que é o custo da insularidade!!! Olha, podes levar as mesmíssimas palavras que o jumento belga : " Vai para o Car.....!!!!!!!!!!!"

Razão tem o D.Duarte de Bragança, toca tudo a pedir nacionalidade Timorense pá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

1 comentários:

Kaixas disse...

Os Açores deviam deixar de receber subsídio!

E a Madeira também!

E os belgas que se phodam, deles só gosto das bolachas e do Tintim.

SiteMeter

 
Copyright © 2010 Grupo de Jograis Universitários do Minho - Jogralhos. All rights reserved.
Blogger Template by
Licença Creative Commons
Jogralhos by Jogralhos is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
Based on a work at jogralhos.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://jogralhos.blogspot.com/.